Back

Inovação e sustentabilidade marcam visitas de junho da Agenda Microeletrónica na Europa

A participação, no mês de junho, da AIDA CCI e do PCI, em representação da Agenda da Microeletrónica em eventos internacionais, como a SMTconnect, MiNaPAD 2024 e Leti Innovation Days 2024, trouxe à luz as mais recentes inovações e práticas sustentáveis no setor. Estes encontros, realizados em diferentes locais da Europa, permitiram a troca de conhecimentos, estabelecimento de parcerias e exploração de novas tecnologias que prometem revolucionar a indústria.

SMTconnect

A SMTconnect, realizada em Nuremberga, destacou-se pela apresentação de inovações na assemblagem, teste e inspeção de placas eletrónicas. Empresas como a ATEcare, LPKF Group e Photonics Systems mostraram soluções avançadas para a micro-maquinação e soldagem de plástico. A Fraunhofer EMFT apresentou o Fraunhofer Mobile Learning Hub 2024, uma estação portátil de ensino e treinamento de soldagem à distância equipada com câmaras e óculos de realidade aumentada.

Os contactos com empresas como Fraunhofer IMWS, ASYS Group e SEICA revelaram o interesse em colaborar em projetos europeus, especialmente no ecossistema da microeletrónica em Portugal. A sustentabilidade também esteve em foco, com empresas como MTM Ruhrzinn e Balver Zinn Cobar discutindo reciclagem e revalorização de metais valiosos, e a Froeb Verpackungen destacando a substituição do plástico por cartão em embalagens eletrónicas.

MiNaPAD 2024

No MiNaPAD 2024, o foco esteve nas inovações em semicondutores e na aplicação da inteligência artificial. Steffen Krohnert apresentou os resultados do projeto europeu Pack4EU, que avaliou as capacidades tecnológicas do setor de semicondutores na Europa. A AMKOR Portugal foi destacada como uma empresa de referência, ao lado da Fraunhofer Portugal.

Sessões técnicas paralelas abordaram temas como a deteção de vazios de solda em raio-x pela VALEO e o desenvolvimento de pasta de solda pela INVENTEC. Empresas como iMAPS França, YOLE Group e NANOTEC International discutiram projetos e soluções inovadoras, reforçando a importância da colaboração e do desenvolvimento contínuo no setor da microeletrónica.

Leti Innovation Days 2024

O Leti Innovation Days 2024, em Grenoble, França, foi palco de discussões sobre tecnologias sustentáveis e integração heterogénea 3D. No painel “Electronics & Sustainability”, a importância da gestão de recursos hídricos e da utilização de gases de baixa pegada de carbono foi destacada. Houve também debates sobre o design sustentável de sistemas eletrónicos de potência e a descarbonização da cadeia de fornecimento.

O painel “3D Heterogeneous Integration” explorou a computação de alto desempenho, quantum e rádio frequência. Empresas como Cerebras, IBM e Lightmatter apresentaram inovações centradas nos chiplets para computação avançada. O uso de chiplets modulares foi destacado pela sua capacidade de permitir a escolha da tecnologia mais adequada para cada subcomponente, resultando em sistemas mais potentes e eficientes.

Networking e parcerias

A participação da AIDA CCI e de outros parceiros da Agenda Microeletrónica – nestes eventos demonstrou a importância da inovação e sustentabilidade no setor da microeletrónica. As parcerias estabelecidas e as tecnologias exploradas prometem impulsionar o desenvolvimento de soluções mais eficientes e sustentáveis, fortalecendo o ecossistema europeu de microeletrónica.

A Agenda da Microeletrónica foi criada no âmbito das agendas mobilizadoras do Plano de Recuperação e Resiliência português com o objetivo de reforçar a capacidade produtiva e de inovação da indústria nacional de semicondutores e microeletrónica. Envolve um conjunto de 17 parceiros e procura contribuir para o posicionamento de Portugal na linha da frente no mercado da gestão, produção, distribuição e reciclagem de semicondutores, capazes de fornecer devidamente a Europa e outros países à escala mundial.

Os 25 novos produtos, processos e serviços resultantes da Agenda têm como objetivo transformar o setor da microeletrónica e contribuir para a sua resiliência, competitividade e sustentabilidade ecológica, e permitirão ao ecossistema português acompanhar e antecipar as necessidades do setor.

O projeto “Agenda Microeletrónica” decorre de 1 de janeiro de 2022 a 31 de dezembro de 2024 e é cofinanciado a fundo perdido no valor total elegível de 67 493 749,13€ pelo Plano de Recuperação e Resiliência português através do Next Generation EU.

 

Agenda da Microeletrónica
Agenda da Microeletrónica
https://micro-electronics.eu

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This website stores cookies on your computer. Cookie Policy